Abre-sacos

Máxima eficácia na abertura dos sacos (superior a 95%) que confere uma alta eficiência na valorização de resíduos com baixos custos operacionais

Com o objetivo de assegurar uma abertura eficiente dos sacos que chegam às instalações de tratamento de resíduos urbanos e embalagens, a Bianna desenvolveu os equipamentos de abre-sacos que se caracterizam pela sua máxima eficácia e baixos custos operacionais.

Trata-se de um equipamento de grande eficiência na abertura de sacos (maior de 95%) que, evitando ser agressivo para com o material contido nos mesmos, aumenta a eficácia de qualquer processo de seleção e recuperação de materiais valorizáveis.

O equipamento dispõe de um rotor que trabalha a baixas rotações acionado através de um motor elétrico. O sistema de transmissão do motor ao rotor é constituído por uma correia e um redutor do tipo planetário. A velocidade de rotação do rotor pode controlar-se através de variador de frequência (de 0 a 12 rpms).

O rotor incorpora uma série de dentes desagregadores, dispostos em espiral ao longo de toda a sua superfície, que abrem os sacos ao passar pelos dentes fixos da comporta. A distância entre os dentes do rotor e os dentes da comporta é regulável de 5 até 150mm

Modelos

Capacidad: hasta 80 m3/h (dependiendo del material a procesar)
Potencia: 37.5 kW
Longitud tambor: 1.800 mm
Nº dientes rotor: 18 dientes
Nº dientes contracuchilla: 9 dientes
Revoluciones: Máx. 0-12 rpm
Grieta de corte: 5 – 150 mm

Capacidad: hasta 110 m3/h (dependiendo del material a procesar)
Potencia: 75 kW
Longitud tambor: 1.800 mm
Nº dientes rotor: 18 dientes
Nº dientes contracuchilla: 9 dientes
Revoluciones: Máx. 0-12 rpm
Grieta de corte: 5 – 150 mm

Capacidad: hasta 140 m3/h (dependiendo del material a procesar)
Potencia: 75 kW
Longitud tambor: 2.500 mm
Nº dientes rotor: 26 dientes
Nº dientes contracuchilla: 13 dientes
Revoluciones: Máx. 0-12 rpm
Grieta de corte: 5 – 150 mm

  • Eixo desagregador de rotação lenta com velocidade regulável
  • Redutor planetário para a transmissão do movimento do motor elétrico ao eixo-rotor
  • Sistema de controlo para assegurar o rendimento do equipamento perante a presença de materiais ‘difíceis’: inversão do rotor ou paragem automática do equipamento
  • Regulação da distância entre o rotor e o suporte de contra lâmina
  • Fácil remoção de elementos impróprios
  • Quadro de controlo equipado com PLC Siemens S7
Download

Precisa de ajuda?

Os responsáveis ​​por cada unidade estão à disposição para atendê-lo e tirar suas dúvidas:

Contate-Nos